DeAmazônia

MENU
Atualizado em 31/08/2019

Vencedores do 63º Festival Folclórico do AM serão conhecidos neste domingo (1º)

Coroação dos vencedores da Categoria Ouro será realizada a partir das 14h, no Sambódromo

Vencedores do 63º Festival Folclórico do AM serão conhecidos neste domingo (1º) Foto: Michael Dantas/SEC

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Os vencedores da 63ª edição do Festival Folclórico do Amazonas – Categoria Ouro serão conhecidos neste domingo (01/09). A apuração do resultado nas modalidades Boi Bumbá Regional, Boi Bumbá Tradicional, Cacetinho, Ciranda, Dança Alternativa, Dança Nacional, Dança Nordestina, Dança Regional, Dança Internacional, Garrote Regional, Garrote Tradicional, Quadrilha Tradicional, Quadrilha Cômica, Quadrilha de Duelo e Tribos acontecerá a partir das 14h, no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo.

 

Em 2019, 74 grupos integraram a programação do festival e, durante oito noites, defenderam temas diversos que vão de homenagens aos 350 anos de Manaus, a personagens tradicionais da ciranda; passando pela história da chegada das religiões africanas ao Brasil e ao Amazonas; até o resgate das tradições das quadrilhas brasileiras, e o processo de criação do folclore local.

 

A mesa apuradora será composta por 1 (um) representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Amazonas e 2 (dois) representantes da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Primeiro serão apuradas as notas referentes às apresentações dos Bois Bumbás Master B, seguidas do Master A. Na sequência, serão apuradas as notas dos Grupos Folclóricos. 

 

 

Serviço: Apuração do resultado do 63º Festival Folclórico do Amazonas – Categoria Ouro

 

Data/hora: Domingo, 1º de setembro, a partir das 14h

 

Local: Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo (Avenida Pedro Teixeira, 2565, Dom Pedro)

Sobe Catracas

CLEINALDO COSTA, reitor da UEA

Universidade ganhou o Prêmio Jaraqui Graúdo como o melhor agente influente digital e inovador da região Norte

Desce Catracas

NORMANDO BESSA, prefeito de Tefé

Estudantes gravaram vídeo para mostrar que estão sem transporte escolar e andam à pé em ramal de lama e barro