DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/08/2019

Amazonas criou 2,1 mil novas vagas de emprego em julho, diz Caged

Ministério da Economia divulgou dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nesta sexta (23)

Amazonas criou 2,1 mil novas vagas de emprego em julho, diz Caged Um dos setores que mais tem oportunizado empregos é a Construção Civil (Foto: André Borges/Agência Brasil)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Amazonas ocupa a 7ª posição entre os Estados brasileiros que evoluíram na geração de emprego, tendo um dos maiores saldos positivos entre trabalhadores admitidos e demitidos, representando, no mês de julho, 2.128 trabalhadores a mais no mercado de trabalho do que no mesmo período do ano passado.

 

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados, nesta sexta-feira (23/08), no Portal do Ministério da Economia. 

 

Conforme a secretária da Setrab, Neila Azrak, o segundo semestre do ano começou com número positivos e a tendência é aumentar. “A Setrab está conquistando mais parcerias com empresários, aumentando a captação de vagas, e gerando qualificação para a população. O Amazonas está acima da média e a empregabilidade tende a crescer mais no Amazonas”, afirmou. 

 

No primeiro semestre com saldo de 7.951 trabalhadores a mais no mercado de trabalho, o Amazonas conquista 8º melhor saldo entre os 26 Estados da Federação mais o Distrito Federal. 

 

Os setores que mais têm oportunizado emprego e contribuído para o saldo positivo no Amazonas são Serviços, Comércio, Indústria de Transformação, e Construção Civil.

CONFIRA TABELA NACIONAL 

Sobe Catracas

YANA GADELHA, lutadora de MMA

Vinda do balé clássico, com apenas 10 meses de treinos, amazonense foi eleita "Revelação do Ano", no prêmio Osvaldo Paquetá, considerado o Oscar do MMA

Desce Catracas

JOCIONE SOUZA, prefeito de Novo Aripuanã

Justiça mandou ele pagar gratificações à professores municipais, atrasadas desde os anos de 2011 e 2012