DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/08/2019

TRE/AM livra Nenê Machado de cassação

Israel Paulain recorre ao TSE

TRE/AM livra Nenê Machado de cassação Prefeito Nenê Machado (Foto: Prefeitura de Nhamundá/Divulgação)

DEAMAZÔNIA NHAMUNDÁ, AM - Por 5 votos a 1, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM), não cassou o mandato do prefeito de Nhamundá, Nenê Machado (PROS), em sessão desta quinta-feira (22/8). A coligação de Israel Paulain, no entanto, vai recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para que a decisão em 2ª instância seja anulada.

 

O prefeito de Nhamundá, Nenê Machado e Cleudo Mantegão foram cassados em 1ª instância pelo juiz eleitoral de Nhamundá, Marcelo Cruz de Oliveira, em março, deste ano, atendendo pedido do então promotor da cidade, Weslei Machado.

 

A relatora do processo juíza federal, Ana Paula Serizawa, foi a única que votou pela cassação do mandato do prefeito e do vice Cleudo Mantegão, em 1ª e 2ª instância.

 

“Com todos esses posicionamentos contundentes pelos representantes do MPE e dos magistrados supracitados, iremos até a última instância em busca da reforma dessa sentença, acreditando na justiça brasileira”, afirmou Israel Paulain.

 

O prefeito é acusado de compra de votos com dinheiro vivo e material de construção, nas eleições de 2016, quando se reelegeu.

 

No dia 16 de agosto,a sessão de julgamento de Nenê e Cleudo foi transferida depois de o juiz Junior Fernandes pedir vistas do processo.  

Sobe Catracas

RAFAEL BARBOSA, defensor público geral do Amazonas

Recebeu medalha Ruy Araújo, mais alta comenda da Aleam, e em agradecimento, nomeou o 18º defensor aprovado no concurso da DPE-AM

Desce Catracas

ALFREDO MENEZES, superintendente da Suframa

Amigo do presidente, ZFM tem sofrido fulminantes ataques do governo Bolsonaro, o que mostra desprestígio dele no cargo