DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/08/2019

Ação social para homens em situação de rua realiza mais de 1,9 mil atendimentos

Prefeitura de Manaus realizou na manhã desta quinta (22), segunda ação social de saúde e cidadania para homens em situação de rua

Ação social para homens em situação de rua realiza mais de 1,9 mil atendimentos Duzentas pessoas, entre homens e mulheres, foram beneficiadas com ação.

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Prefeitura de Manaus realizou na manhã desta quinta-feira, 22/8, na Minivila Olímpica do Santo Antônio, zona Oeste, a segunda ação social de saúde e cidadania para homens em situação de rua. A atividade é uma oportunidade de dar visibilidade e proporcionar serviços aos que se encontram em situação de mendicância. Duzentas pessoas, entre homens e mulheres, foram beneficiadas com ação.

 

Emissão de documentos, inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) – para programas sociais – testagem rápida, saúde bucal, consultas médicas e distribuição de preservativos totalizaram 1.950 atendimentos. Além disso, as pessoas em situação de rua também tiveram a chance de participar do corte de cabelo gratuito, dominó, futebol, tênis de mesa, zumba e apresentação musical.

 

Coordenada pelo Fundo Manaus Solidária, a ação teve início às 8h com a distribuição de café da manhã. Após o café, os homens receberam kits de higiene pessoal, puderam tomar banho e ganharam mudas de roupas que foram arrecadadas por meio da campanha #ManausSolidária.

 

A presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, ressaltou a importância da iniciativa que busca dar visibilidade e promover a cidadania para as pessoas que estão em situação de rua. A mesma iniciativa já foi realizada com mulheres que vivem nas ruas da cidade.

 

“Essa ação, assim como as demais que já realizamos, busca proporcionar acolhimento, saúde, cidadania e atenção às pessoas que, por motivos diversos, vivem nas ruas. São pessoas que, muitas vezes, vivem em condições indignas e que precisam de uma mão amiga para, quem sabe, sair dessa situação de rua e buscar novas oportunidades. Temos exemplos de pessoas que, por meio dessas ações, já saíram das ruas e estão reconstruindo suas vidas. Isso tem muito valor para mim e para o prefeito Arthur Neto”, afirmou Valeiko.

 

Aos 24 anos, Janderson Araújo vive nas ruas desde 2015, quando o pai e a avó morreram. Conforme Janderson, ações como essa permitem com que eles sintam que não estão tão sós, que há pessoas capazes de ajudá-los e que não têm medo deles porque vivem nas ruas. “Sou de Belém, mas aos 7 anos fui abusado e vim para Manaus atrás do meu pai, só que ele morreu. Logo em seguida, minha avó, que também gostava de mim, morreu. Minha madrasta era muito ruim comigo e eu fui parar na rua. Não tenho paradeiro certo, hoje durmo na varanda de uma casa próxima ao T4, porque a dona deixa. Gostei muito dessa ação. Cheguei cedo e tomei café, banho, ganhei roupa, passei pelo médico e tomei vacina. Na rua a gente sofre muito preconceito por tudo e aqui fomos bem acolhidos”, disse.

 

A ação teve como parceiros as secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Saúde (Semsa), Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), de Infraestrutura (Seminf), Casa Militar, Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e a Organização da Sociedade Civil (OSC) Nova Aliança.

 

Cidadania

Para garantir a cidadania dos que estão “invisíveis” na sociedade pela falta da documentação básica, a Prefeitura de Manaus instituiu, em agosto de 2016, o Comitê Gestor Municipal de Políticas de Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Ampliação do Acesso à Documentação Básica.

 

Em 2018, o Departamento de Direitos Humanos (DDH) da Semasc viabilizou 77 Registros Tardios de Nascimento para crianças, jovens e adultos, além de 2.174 Certidões de Nascimento emitidas dentro da Região Metropolitana de Manaus (RMM).

 

Para quem se encontra em vulnerabilidade social e econômica e precisa retirar a Certidão de Nascimento, primeira ou segunda via, basta procurar a Semasc, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 15h.

Sobe Catracas

JUNIOR 'ORELHA', lutador de jiu-jitsu

Atleta parintinense conquistou medalha de ouro no Campeonato Europeu Jiu–Jitsu Championship 2020, em Portugal

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos (PA)

MPF vai investigar prefeito por suposto desvio de recursos federais, repassados ao município pelo Ministério da Integração Nacional