DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/08/2019

Pará inicia nesta quinta (22) vacinação contra sarampo em crianças menores de um ano

Ação busca prevenir que doença chegue ao estado, após mais de 1600 casos serem registrados no país.

Pará inicia nesta quinta (22) vacinação contra sarampo em crianças menores de um ano Essa dose de vacina é denominada tecnicamente de “dose zero”.

DEAMAZÔNIA BELÉM, PA - Em atendimento à orientação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em conjunto com secretarias Municipais de Saúde, iniciará nesta quinta-feira (22), como medida preventiva, a vacinação de crianças de seis meses a menores de um ano de idade, faixa etária mais suscetível a casos graves e óbitos em função da doença.

 

Essa dose de vacina é denominada tecnicamente de “dose zero”. Não substitui e nem será considerada válida para o calendário nacional de vacinação da criança. Além da dose que será aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar as crianças para tomar a vacina tríplice viral aos 12 meses  (1ª dose) e a vacina tetra viral (ou tríplice viral) mais varicela aos 15 meses (2ª dose), respeitando o intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

 

O calendário vacinal prevê a primeira dose da tríplice viral (sarampo, rubéola, caxumba) aos 12 meses, e a dose de reforço aos 15 meses. Sendo assim, as crianças vacinadas nessa

 

Segundo o secretário de Estado de Saúde Pública, Alberto Beltrame, a intensificação que começa na quinta-feira é uma medida preventiva para evitar que o sarampo chegue ao Pará. “O que estamos fazendo aqui é proteger o Pará da chegada de um possível surto de sarampo, considerando o deslocamento de pessoas vindas de estados em que a circulação do vírus do sarampo está ativa, como é o caso de São Paulo”, frisou o secretário.

 

Ele ressaltou que o sarampo é uma doença grave, que pode matar, mas tem na vacinação a única forma de ser evitada. “Então, não dê ouvidos às fake news que dizem que a vacina tem problemas ou que causa danos futuros às crianças. Isso é absolutamente falso. A vacina que está sendo utilizada no Brasil é totalmente segura e gratuita. Não deixe de fazer esse ato de carinho e de amor aos seus filhos, vacinando-os e os protegendo do sarampo”, alertou o titular da Sespa.

 

Casos 

De acordo com o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou, nos últimos três meses, 1.680 casos confirmados de sarampo, sendo que 99% dos casos estão em São Paulo. O Pará não tem caso confirmado desde o mês de maio. Até o momento, há registro de 53 casos confirmados da doença, especialmente no oeste do Estado, onde foi realizada campanha de vacinação de 10 de junho a 12 de julho, destinada aos jovens de 15 a 29 anos.

 

Atualmente, além de doses de vacina para a rotina, o Ministério da Saúde garante aos estados e municípios doses de vacina para ações de bloqueio, destinadas a uso em situação de casos suspeitos, além de doses adicionais para a faixa etária a ser atingida nessa nova medida preventiva.

Sobe Catracas

LAILA CAMPOS, miss Terra Santa 2019

Foi eleita Miss Beleza do Baixo Amazonas 2019, após derrotar outras sete candidatas, durante concurso em Parintins 

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos

Município é o pior em gestão fiscal do Pará, e está entre os cinco piores da região Norte, diz dados da Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro)