DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/08/2019

Com 1 x O pela cassação, julgamento de Nenê Machado é adiado no TRE/AM

Relatora do processo votou pela cassação do prefeito de Nhamundá

Com 1 x O pela cassação, julgamento de Nenê Machado é adiado no TRE/AM Nene Machado, prefeito de Nhamundá

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O julgamento do mandato do prefeito de Nhamundá, Nenê Machado (PROS) e do vice-prefeito Cleudo Mantegão, que aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (16/08), foi adiado para uma outra data, depois de o placar estar em 1X 0 pela cassação. A relatora do processo juiza federal, Ana Paula Serizawa, votou pela cassação do mandato do prefeito e do vice.  

 

A sessão de julgamento foi transferida depois de o juiz Junior Fernandes pedir vistas do processo.  

 

Um novo julgamento deve acontecer quando os membros da Corte Eleitoral da sessão de hoje (16) tiver a mesma composição da próxima sessão.

 

A composição da Corte é composta por sete julgadores, sendo dois desembargadores, três juízes e dois advogados  

 

Sobe Catracas

CAROLINE BRAZ, secretária de Direitos Humanos do AM

Pela primeira vez, Amazonas aderiu a campanha nacional "Não é Não", contra o assédio, com ações por todo o estado no Carnaval 2020

Desce Catracas

VILSON GONÇALVES, prefeito de Aveiro (PA)

Virou alvo da Justiça em processo criminal acusado de recolher ICMS de mercadoria para exportação sem comprovar para Sefa saída do produto