Quinta, 09 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/08/2019

Com 1 x O pela cassação, julgamento de Nenê Machado é adiado no TRE/AM

Relatora do processo votou pela cassação do prefeito de Nhamundá

Com 1 x O pela cassação, julgamento de Nenê Machado é adiado no TRE/AM Nene Machado, prefeito de Nhamundá

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O julgamento do mandato do prefeito de Nhamundá, Nenê Machado (PROS) e do vice-prefeito Cleudo Mantegão, que aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (16/08), foi adiado para uma outra data, depois de o placar estar em 1X 0 pela cassação. A relatora do processo juiza federal, Ana Paula Serizawa, votou pela cassação do mandato do prefeito e do vice.  

 

A sessão de julgamento foi transferida depois de o juiz Junior Fernandes pedir vistas do processo.  

 

Um novo julgamento deve acontecer quando os membros da Corte Eleitoral da sessão de hoje (16) tiver a mesma composição da próxima sessão.

 

A composição da Corte é composta por sete julgadores, sendo dois desembargadores, três juízes e dois advogados  

 

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

Afroxou medidas de prevenção a Covid-19 e Coari é o município do interior do Amazonas mais infectado, com o dobro de casos de Manacapuru