DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/08/2019

Enade: informações erradas podem ser alteradas até 30 de agosto

O exame é obrigatório e indispensável para os estudantes de graduação obter o diploma.

Enade: informações erradas podem ser alteradas até 30 de agosto Sem a retificação, aluno e instituição não poderão participar do exame. Foto: reprodução

AGÊNCIA BRASIL 

 

As instituições de ensino superior têm até o dia 30 de agosto para corrigir informações de estudantes e de cursos para a realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019.  Caso a retificação do dado errado não seja feita no prazo, o aluno e a instituição não vão poder participar do exame.

 

As alterações devem ser realizadas exclusivamente pela internet, no Sistema Enade  do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O exame é obrigatório e indispensável para obter o diploma.

 

O Enade ocorre no dia 24 de novembro e visa avaliar o aprendizado de universitários que ingressam e terminam diferentes cursos. Em 2019 serão avaliados estudantes de graduação das áreas de ciências agrárias, ciências da saúde, engenharias e arquitetura e urbanismo. No caso dos tecnólogos, as áreas analisadas serão: ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e segurança.

Sobe Catracas

PASTORA LEAL, presidente do TRT/8ª Região

Desembargadora foi homenageada na sede do TST, em Brasília, com medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Conselho de Ética e Transparência Administrativa Municipal (Copetramma) protocolou pedido de cassação dele na Câmara por suposta fraude em licitação