DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/08/2019

"Vou te pedir para ser laranja em outra coisa", disse Deltan à procuradora

Força-tarefa da Lava Jato usou os movimentos 'Vem Pra Rua' e instituto Mude para pressionar STF e governo

Procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Força-tarefa da Lava Jato (oto: Agência Brasil/Fernando Frazão)

Em um trecho de novas conversas, divulgadas pelo site The Intercept, nesta segunda-feira (12/8), o procurador Deltan Dallganol pede que a também procuradora de Justiça, Thamea Danelon, seja “laranja” em uma articulação da força-tarefa para pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF), a prender o ex-presidente Lula.

 

As novas divulgações também expõe que Dallganol usou movimentos como o "Vem pra rua" e Instituto Mude, ligados à partidos de direita, contra o STF, um dia após a morte do ex-ministro Teori Zavascki, morto em acidente aéreo, para pressionar o Supremo a não nomear Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, como substituto de Zavascki.

 

Conforme o Intercept, no dia 22 de março de 2018, o STF concedeu a Lula um salvo-conduto para que ele, já condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá, não fosse preso até o julgamento de seu habeas corpus preventivo, marcado para 4 de abril.

 

Oito dias depois, Dallagnol anunciou no grupo de Telegram 'Parceiros MPF' — 10 medidas que ele e a equipe da Lava Jato no Paraná haviam aderido a um abaixo-assinado restrito a juízes e procuradores a favor da prisão em segunda instância.

 

O procurador teria discutido com Thaméa Danelon a possibilidade de que também houvesse abaixo-assinados apresentados pela sociedade, e não apenas por autoridades. “Se Vc topar, vou te pedir pra ser laranja em outra coisa que estou articulando kkkk”.

 

Danelon aceitou a proposta e Deltan pede sigilo: “Um abaixo assinado da população, mas isso tb nao pode sair de nós… o Observatório vai fazer. Mas não comenta com ng, mesmo depois. Tenho que ficar na sombra e aderir lá pelo segundo dia. No primeiro, ia pedir pra Vc divulgar nos grupos. Daí o pessoal automaticamente vai postar etc”.

 

O Observatório Social é uma organização de atuação nacional sediada em Curitiba que atua, segundo o site, “em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos”.

 

Thaméa divulgou o abaixo-assinado, em São Paulo e disse a ele que o Vem Pra Rua fez o mesmo. Em seguida, o coordenador da Lava Jato compartilhou a petição em seu perfil do Facebook sem mencionar que estava por trás da iniciativa.

 

Dallagnol escreveu a Danelon: “Temos que cuidar pra não parecer pressão. Se não estivéssemos na LJ, o tom seria outro kkkkk. Ia chutar o pau da barraca rs. Depois chutava a barraca e eles todos tb kkk”. A procuradora subiu vários tons. “Eu colocava todos na barraca e metralhava kkkk”.

Sobe Catracas

PASTORA LEAL, presidente do TRT/8ª Região

Desembargadora foi homenageada na sede do TST, em Brasília, com medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Conselho de Ética e Transparência Administrativa Municipal (Copetramma) protocolou pedido de cassação dele na Câmara por suposta fraude em licitação