DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/08/2019

Banda Pororoca Atômica é atração da Feira da FAS neste domingo (11)

Feira tem opções de música, saúde e bem-estar, literatura, exposições, culinária, moda, decoração, tce

Banda Pororoca Atômica é atração da Feira da FAS neste domingo (11) Esta é a 14ª edição da Feira da Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O grupo Pororoca Atômica agita, neste domingo (11), a 14ª Feira da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), localizada na Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro. O evento ocorre das 8h às 19h e tem entrada gratuita.

 

Inspirado no poderoso fenômeno natural produzido pelo encontro das correntes fluviais com as águas oceânicas, o Pororoca Atômica promete um show animado, ao estilo alternativo e amazônico, para ninguém ficar parado. O grupo, formado por artistas do Movimento Cultural Pirão-AM, se apresenta a partir das 18h.

 

Além da atração musical, a Feira da FAS terá uma ampla programação com contação de histórias, aula de ritmos, sessões de massoterapia chinesa (Tui Na), brincadeiras e atividades lúdicas de educação ambiental para crianças, entre outras atividades.

 

Quem visitar o evento ainda poderá conferir uma exposição de esculturas realizada pelo artista visual Emerson Munduruku, com apoio da FAS, que dá forma às seguintes lendas amazônicas: a Mãe da Mata, uma entidade protetora da fauna e da flora que se materializa em forma de mulher para manter o equilíbrio das florestas amazônicas; o Mapinguari, um ser gigante, peludo, que habita em meio à floresta; e a Cobra Boiuna, uma cobra que cresce de forma gigantesca e abandona a floresta, passando a habitar a parte profunda dos rios da região.

 

“A Feira da FAS sempre traz uma programação diversificada, focada principalmente na valorização da cultura local e na conscientização sobre temas como sustentabilidade e preservação da floresta”, destaca o coordenador do evento, Cleber Santos.

 

Com opções de presentes para o Dia dos Pais, o espaço dedicado à economia criativa será ocupado por 90 expositores de artesanato, moda, decoração, acessórios, colecionáveis, plantas e produtos de jardinagem, além de culinária variada, com alternativas veganas, regionais e internacionais.

 

Empreendedorismo indígena

 

Nesta edição, o evento também dará visibilidade ao trabalho artesanal indígena, recebendo a participação de 30 empreendedoras indígenas de comunidades das regiões do Alto Rio Negro, Alto e Médio Solimões, Baixo Amazonas, Purus, Juruá, Médio Madeira, Manaus e entorno.

 

Produtos que retratam costumes, tradições e demais referências culturais do Estado, confeccionados com matérias-primas locais, estarão disponíveis para os visitantes. Entre eles, artesanato, culinária indígena, grafismos, alimentos agrícolas e plantas medicinais.

 

A participação das mulheres indígenas na feira é parte da programação do I Encontro de Empreendedoras Indígenas, realizado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em parceria com a Rede de Mulheres Indígenas do Amazonas – MAKIRA-ËTA, realizado até domingo (11), na sede da FAS.

Sobe Catracas

SUSAN MONTEVERDE, jornalista

Parintinense vai representar o Brasil no Seminário Global de Salzburg (SGS), na Áustria, nos diálogos das áreas de Cultura, Artes e Sociedade.

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos (PA)

MPF vai investigar prefeito por suposto desvio de recursos federais, repassados ao município pelo Ministério da Integração Nacional