DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/08/2019

Banda Pororoca Atômica é atração da Feira da FAS neste domingo (11)

Feira tem opções de música, saúde e bem-estar, literatura, exposições, culinária, moda, decoração, tce

Banda Pororoca Atômica é atração da Feira da FAS neste domingo (11) Esta é a 14ª edição da Feira da Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O grupo Pororoca Atômica agita, neste domingo (11), a 14ª Feira da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), localizada na Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro. O evento ocorre das 8h às 19h e tem entrada gratuita.

 

Inspirado no poderoso fenômeno natural produzido pelo encontro das correntes fluviais com as águas oceânicas, o Pororoca Atômica promete um show animado, ao estilo alternativo e amazônico, para ninguém ficar parado. O grupo, formado por artistas do Movimento Cultural Pirão-AM, se apresenta a partir das 18h.

 

Além da atração musical, a Feira da FAS terá uma ampla programação com contação de histórias, aula de ritmos, sessões de massoterapia chinesa (Tui Na), brincadeiras e atividades lúdicas de educação ambiental para crianças, entre outras atividades.

 

Quem visitar o evento ainda poderá conferir uma exposição de esculturas realizada pelo artista visual Emerson Munduruku, com apoio da FAS, que dá forma às seguintes lendas amazônicas: a Mãe da Mata, uma entidade protetora da fauna e da flora que se materializa em forma de mulher para manter o equilíbrio das florestas amazônicas; o Mapinguari, um ser gigante, peludo, que habita em meio à floresta; e a Cobra Boiuna, uma cobra que cresce de forma gigantesca e abandona a floresta, passando a habitar a parte profunda dos rios da região.

 

“A Feira da FAS sempre traz uma programação diversificada, focada principalmente na valorização da cultura local e na conscientização sobre temas como sustentabilidade e preservação da floresta”, destaca o coordenador do evento, Cleber Santos.

 

Com opções de presentes para o Dia dos Pais, o espaço dedicado à economia criativa será ocupado por 90 expositores de artesanato, moda, decoração, acessórios, colecionáveis, plantas e produtos de jardinagem, além de culinária variada, com alternativas veganas, regionais e internacionais.

 

Empreendedorismo indígena

 

Nesta edição, o evento também dará visibilidade ao trabalho artesanal indígena, recebendo a participação de 30 empreendedoras indígenas de comunidades das regiões do Alto Rio Negro, Alto e Médio Solimões, Baixo Amazonas, Purus, Juruá, Médio Madeira, Manaus e entorno.

 

Produtos que retratam costumes, tradições e demais referências culturais do Estado, confeccionados com matérias-primas locais, estarão disponíveis para os visitantes. Entre eles, artesanato, culinária indígena, grafismos, alimentos agrícolas e plantas medicinais.

 

A participação das mulheres indígenas na feira é parte da programação do I Encontro de Empreendedoras Indígenas, realizado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em parceria com a Rede de Mulheres Indígenas do Amazonas – MAKIRA-ËTA, realizado até domingo (11), na sede da FAS.

Sobe Catracas

PASTORA LEAL, presidente do TRT/8ª Região

Desembargadora foi homenageada na sede do TST, em Brasília, com medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Conselho de Ética e Transparência Administrativa Municipal (Copetramma) protocolou pedido de cassação dele na Câmara por suposta fraude em licitação