DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/08/2019

Presidente do Caprichoso tem contas aprovadas sob protestos de sócios

Confusão e bate boca em assembleia geral de sócios do boi, em Parintins; COM VÍDEO

   Presidente do Caprichoso tem contas aprovadas sob protestos de sócios Sócios do Caprichoso na assembleia de prestação de contas que terminou em confusão

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - A assembleia de prestação de contas do Boi Caprichoso realizada nesta quarta-feira (08), no auditório dom Arcangelo Cerqua, em Parintins, terminou em confusão e o presidente do boi, Babá Tupinambá, saindo em fuga pela porta dos fundos com a ata da reunião. Sócios reclamam que houve manobra na votação que a diretoria declarou aprovada, causando descontentamento em em grande parte dos  presentes. Um dos sócios transmitiu a reunião pelo facebook. ACOMPANHE O VÍDEO AO FINAL DESTA MATÉRIA. 

 

A assembleia geral de sócios foi realizada no auditório dom Arcangelo Cerqua porque a energia elétrica do curral Zeca Xibelão foi cortada na terça-feira (06), pela Amazonas Energia, pela falta de pagamento de contas relativas a quatro meses. 

 

A diretoria informou que foram gastos no boi Caprichoso 2019, com recursos repassados pelo governo e iniciativa privada, a quantia de R$ 8,4 milhões. O débito do boi, acumulado desde 2016 até 2019, segundo planilha da diretoria é de R$ 8,8 milhões. Sócios presentes na reunião afirmaram que a dívida do bumbá chega a R$ 20 milhões. 

 

Quando ocorria a explanação o sócio Henrique Medeiros interrompeu a assembleia e afirmou que a lista que os sócios estavam assinando na entrada seria a ata de aprovação antecipada das contas, causando discussão. Ou seja, havia duas atas: de aprovação e presença, segundo ele denunciou. 

 

Em um dos momentos mais tensos, foi quando a ex-presidente Márcia Baranda, criticou a postura do atual presidente afirmando que ele não agiu como gestor deixando as dívidas do Caprichoso triplicarem.

 

CONFUSÃO NO CONSELHO FISCAL 

Com os ânimos aflorados, os sócios prosseguiram os questionamentos sobre as contas da atual administração. Após isso, foi lido um parecer favorável assinado pelo primeiro conselheiro fiscal Augusto Flávio Silva Cardoso, e pelos suplentes Carlos Alberto de Souza Nery e Rogério Souza de Jesus.

 

Após a leitura do parecer, o segundo conselheiro titular Carlos Julvan Silva de Medeiros, contestou o parecer apresentado, explicando que não teve acesso e tempo hábil para análise do documento. Julvan também afirmou que o sócio Augusto Flávio não é presidente do Conselho Fiscal e que os suplentes não podem votar.   

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        Julvan então deu um parecer contrário a aprovação das contas, arrancando aplausos dos sócios e causando uma discussão com o presidente Babá Tupinambá.

 

 APROVAÇÃO SOB PROTESTOS

Em meio à confusão diretoria decidiu encerrar a assembleia com a aprovação das contas apresentadas, causando ainda mais revolta nos sócios presentes na assembleia. O presidente Babá Tupinambá saiu pelos fundos do local e não se sabe com quem ficou a ata da assembleia. 

 

Sócios se mobilizam para anular a assembleia desta quinta-feira (08), onde afirmam que a prestação de constas foi aprovada por meio de uma manobra do presidente Babá Tupinambá e do mediador do evento e coordenador de comunicação do bumbá, Carlos Alexandre. A reclamação é de que teria sido dada oportunidade de contagem de votos dos sócios.

 

 “É preciso que o conselho de Ética haja neste caso”, afirmou o artista Juarez Lima, que chorou na assembleia afirmando que foram anos difíceis que os artistas passaram dentro do galpão na gestão de Babá Tupinambá. 

 

O candidato a presidente Karu Carvalho denunciou que o atual presidente Babá Tupinambá retirou R$ 700 mil da cota de patrocínio de 2020, comprometendo o projeto do boi do ano que vem. O vice presidente Jender Lobato também candidato a presidente estava na assembleia.

 

A reportagem entrou em contato com assessoria do presidente Babá Tupinambá, mas não obteve retorno.  

Sobe Catracas

RONAN MARINHO, artista parintinense

Idealizado por ele, projeto de animação audiovisual infantil, dos bois Garantido e Caprichoso, em formato Kids, será lançado em dezembro

Desce Catracas

HERIVÂNEO SEIXAS, prefeito de Humaitá

Concurso público da Prefeitura foi suspenso pela Justiça, após contratação de Instituto suspeito, para organizar o certame