DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/08/2019

Polícia Militar do Amazonas assegura que policiamento está mantido

Policiamento está mantido na capital e no interior

Polícia Militar do Amazonas assegura que policiamento está mantido Policiamento permanece sem alteração, segundo a PM-AM. Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O comandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Ayrton Ferreira do Norte, informou nesta quarta-feira (07/08), que o policiamento na capital e no interior do estado está mantido e que faltas registradas na montagem do policiamento no primeiro turno não comprometeram o trabalho da corporação, que remanejou efetivo operacional, como regularmente ocorre quando há ausência de algum servidor.

 

De acordo com o comandante, o acompanhamento feito na manhã de hoje mostra que o número de faltas está dentro da normalidade, quando há servidores que, por algum motivo, faltam um dia de trabalho e, posteriormente, apresentam justificativa para ausência.

 

“Estamos acompanhando e nosso policiamento está normal. Em algumas áreas houve registro de falta e, nesses casos, houve remanejamento. Então a população pode ficar tranquila que o policiamento está garantido na capital e no interior. Infelizmente, existe propagação de “fake news” em redes sociais, tentando desestabilizar o sistema de segurança. Mas a verdade está nas ruas, a polícia está nas ruas. E quero parabenizar os policiais militares, homens e mulheres que têm sido profissionais. Nós, com esse trabalho árduo, durante sete meses, temos reduzindo bastante a incidência criminal no Estado do Amazonas”, afirmou o comandante.

 

O coronel Ayrton Norte destacou, ainda, o trabalho realizado pelos policiais nas Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) e também das tropas especializadas, como da Força Tática e da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam).

 

“Nossas tropas estão nas ruas e quero parabenizar os nossos policiais nas Cicoms e também das especializadas, como a Força Tática e a Rocam, que têm feito um excelente trabalho. A Rocam é a segunda maior força especial do Brasil em apreensão de armas atualmente. Ano passado, foram 306 armas apreendidas durante o ano todo e nesse ano a Rocam, até o primeiro semestre, retirou de circulação 317 armas. E também muitas foram retiradas pela Força Tática que, junto com a Rocam, só em julho, retiraram mais de 100 armas das ruas, isso significa segurança com qualidade para a população”, ressaltou o comandante.

Sobe Catracas

PASTORA LEAL, presidente do TRT/8ª Região

Desembargadora foi homenageada na sede do TST, em Brasília, com medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Conselho de Ética e Transparência Administrativa Municipal (Copetramma) protocolou pedido de cassação dele na Câmara por suposta fraude em licitação