DeAmazônia

MENU
Atualizado em 30/07/2019

Boi Espalha Emoção é bicampeão do Festival do Mocambo 2019

Jaçanã venceu na disputa dos pássaros e quadrilha Peti na Roça também foi bicampeã

Boi Espalha Emoção é bicampeão do Festival do Mocambo 2019 boi Espalha Emoção, sagrou-se bicampeão, com 835.9 pontos, contra 834.9 do Touro Branco. Foto: Simone Brandão

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Os campeões do XVI Festival Folclórico do Mocambo do Arari foram conhecidos na manhã desta segunda-feira (29), após leitura das notas dos jurados, realizada pela comissão organizadora do evento e Associação das Tradições Culturais do Mocambo do Arari (Atracamar), no Mocambódromo.

 

Da disputa dos bumbás, o boi Espalha Emoção, sagrou-se bicampeão, com 835.9 pontos, contra 834.9 do Touro Branco.


O Bumbá, das cores amarela e branca, defendeu a temática "Vigésima Evolução" que contou a história de 20 anos de fundação do boi na agrovila do Mocambo do Arari, e destacou as manifestações culturais da Amazônia.

 

Entre os pássaros, o Jaçanã das cores laranja e preto foi o vencedor, com 754.4, contra 751.2 do pássaro Pavão Misterioso. Esse ano o grupo levou para a arena o tema "Somos todos Amazônia". O pássaro que veio do município de Maués e se perpetuou na região, chamou atenção para a preservação da flora e fauna da floresta Amazônica e fez o convite a todos a pensarem no bem estar da floresta.

 

Tradicional no festival do Mocambo, a quadrilha Peti na Roça, das cores laranja e branca, tornou-se bicampeã, com o tema "Duas na nações, duas tradições e um só amor" que exaltava os bumbás que fazem parte do festival do Mocambo, Espalha Emoção e Touro Branco, como bandeiras que chamam atenção para as tradições do Mocambo do Arari, sendo grandes vitrines, das crenças e do trabalho dos Mocambenses. Na pontuação geral ficou Peti na Roça 278.3 pontos contra 278.1, da quadrilha Unidos do Bairro de Lourdes, estreante no festival.

 

Sobe Catracas

RUI MACHADO, artista plástico

Recebeu comenda da Ordem do Mérito Legislativo da Aleam, em reconhecimento por trabalho com coisas da Amazônia

Desce Catracas

RONALDO TABOSA, vereador de Manaus

Pela quarta vez, teve mandato cassado pelo TRE/AM, dessa vez, por infidelidade partidária com o PP