DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/07/2019

Seinfra retoma obra de anel viário em Humaitá para facilitar escoamento da soja

A obra terá 11,58 quilômetros e interligará a BR-319 ao porto graneleiro da cidade.

Seinfra retoma obra de anel viário em Humaitá para facilitar escoamento da soja O Anel Viário dará mais rapidez ao escoamento da soja que, atualmente, vem de Porto Velho. Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA HUMAITÁ, AM -  O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura do Amazonas (Seinfra), retomou a obra de construção do Anel Viário do município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus). A obra tem o objetivo de desviar do perímetro urbano da sede do município o tráfego de veículos pesados, como carretas e caminhões, que transportam soja pela BR-319 (Manaus-Porto Velho) e pela BR-230, a Rodovia Transamazônica.

 

Essa intervenção é considerada como um dos maiores investimentos na área de infraestrutura, mobilidade urbana e de incentivo à produção agrícola no município de Humaitá. A obra terá 11,58 quilômetros e interligará a BR-319 ao porto graneleiro da cidade. O projeto contempla a realização de serviços de terraplanagem, meio-fio, sarjeta, galerias, bueiros, dissipadores de energia, acostamento, compactação e pavimentação, bem como sinalização vertical e horizontal.

 

O Anel Viário dará mais rapidez ao escoamento da soja que, atualmente, vem de Porto Velho, passando por dentro do município de Humaitá, até chegar ao a Itacoatiara. Depois de concluído o Anel Viário, esse trajeto será encurtado. O percurso de Porto Velho pela BR-319 seguirá pelo Anel Viário da Soja, passando por fora do perímetro urbano de Humaitá.

 

“A retomada desta obra representa um novo marco em termos de logística para o transporte da soja que passa por Humaitá. É uma obra que vai garantir um futuro promissor para o estado e para as famílias que vivem na região”, destacou o titular da Seinfra, Carlos Henrique Lima.

 

Sobe Catracas

SANDRA HELENA, professora da Ufam/Parintins

Foi eleita nesta quarta-feira (11) nova diretora do ICSEZ, em Parintins, para mandato de quatro anos 

Desce Catracas

JOSUÉ NETO, presidente da ALE/AM

Perdeu o controle do PTB e deputados o isolam na Assembleia, após posicionamento contra o governo