Sábado, 15 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/07/2019

Seinfra retoma obra de anel viário em Humaitá para facilitar escoamento da soja

A obra terá 11,58 quilômetros e interligará a BR-319 ao porto graneleiro da cidade.

Seinfra retoma obra de anel viário em Humaitá para facilitar escoamento da soja O Anel Viário dará mais rapidez ao escoamento da soja que, atualmente, vem de Porto Velho. Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA HUMAITÁ, AM -  O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura do Amazonas (Seinfra), retomou a obra de construção do Anel Viário do município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus). A obra tem o objetivo de desviar do perímetro urbano da sede do município o tráfego de veículos pesados, como carretas e caminhões, que transportam soja pela BR-319 (Manaus-Porto Velho) e pela BR-230, a Rodovia Transamazônica.

 

Essa intervenção é considerada como um dos maiores investimentos na área de infraestrutura, mobilidade urbana e de incentivo à produção agrícola no município de Humaitá. A obra terá 11,58 quilômetros e interligará a BR-319 ao porto graneleiro da cidade. O projeto contempla a realização de serviços de terraplanagem, meio-fio, sarjeta, galerias, bueiros, dissipadores de energia, acostamento, compactação e pavimentação, bem como sinalização vertical e horizontal.

 

O Anel Viário dará mais rapidez ao escoamento da soja que, atualmente, vem de Porto Velho, passando por dentro do município de Humaitá, até chegar ao a Itacoatiara. Depois de concluído o Anel Viário, esse trajeto será encurtado. O percurso de Porto Velho pela BR-319 seguirá pelo Anel Viário da Soja, passando por fora do perímetro urbano de Humaitá.

 

“A retomada desta obra representa um novo marco em termos de logística para o transporte da soja que passa por Humaitá. É uma obra que vai garantir um futuro promissor para o estado e para as famílias que vivem na região”, destacou o titular da Seinfra, Carlos Henrique Lima.

 

Sobe Catracas

ARLINDO NETO, cantor

Estreou em grande estilo, em apresentação solo, seguindo legado do pai

Desce Catracas

DELEGADO PABLO OLIVA, deputado federal

Investigado por usar mãe e irmão como laranjas em suposto esquema de corrupção