DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/07/2019

Fundação Alfredo da Matta e FEI fecham parceria para tratar hanseníase em indígenas

Objetivo do projeto é atender indígenas com ações voltadas para a hanseníase e também para Doenças Sexualmente Transmissíveis

Fundação Alfredo da Matta e FEI fecham parceria para tratar hanseníase em indígenas Parceria foi fechada entre diretor-presidente da Fuam, Ronaldo Derzi e o presidente da FEI, Edivaldo Oliveira. Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A Fundação Alfredo da Matta (Fuam) e a Fundação Estadual do Índio (FEI) fecharam parceria para a execução do Projeto para a Eliminação da Hanseníase (Apeli) com foco na população indígena. A parceria foi fechada na última sexta-feira (12/07), entre o diretor-presidente da Fuam, Ronaldo Derzi e o presidente da FEI, Edivaldo Oliveira, durante reunião com as equipes das duas fundações e técnicos do projeto.

 

O objetivo é atender, prioritariamente, os povos indígenas com ações voltadas para a hanseníase e também para Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), com oferta de diagnóstico, tratamento, acompanhamento.

 

O projeto deverá ser executado em quatro anos, com um custo estimado de R$ 4 milhões. Um termo de cooperação será assinado entre as duas fundações para execução do projeto. Em setembro, uma ação piloto será realizada em um município da Região Metropolitana de Manaus, como parte do lançamento do projeto.

 

O diretor-presidente da Fuam, Ronaldo Derzi, demonstrou otimismo com o projeto e garantiu que a fundação está preparada para atender a população indígena do interior do estado. “É a mais ambiciosa ação de combate e controle da hanseníase das últimas décadas que nosso estado já experimentou, e o corpo técnico e profissional da Fuam está ávido e preparado para realizar” disse.

 

”Sei que os recursos serão muito bem aplicados em favor dos nossos irmãos indígenas, especialmente do interior, porque acreditamos que os profissionais da Fundação Alfredo da Matta têm expertise, boa vontade e capacidade operacional para executar esse projeto que só trará benéficos para nossa gente”, declarou o presidente da FEI, Edivaldo Oliveira.

 

O Projeto Apeli contará ainda com a colaboração da Fundação Universidade do Amazonas, Governo Federal, Suframa e de uma associação de apoio privada.

Sobe Catracas

ENNIO CANDOTTI, diretor do Museu da Amazônia (Musa)

Professor receberá nesta quarta (21), na Aleam, o Título de Cidadão do Amazonas

Desce Catracas

RODRIGO TOBIAS, secretário de Saúde do AM

Serviço de aerotaxí com UTI móvel para transportar doentes do interior para Manaus não funciona, com implantação do sistema via internet