DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/07/2019

Delator foi coagido a 'construir depoimento' sobre sítio usado por Lula

Ex-diretor da Odebrecht critica procuradores, segundo Uol

Delator foi coagido a 'construir depoimento' sobre sítio usado por Lula Sítio de Atibaia (Foto: Márcio Fernandes/Agência Estado)

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - Novas revelações nas delações da Operação Lava Jato. Segundo o site Uol, o ex-diretor-superintendente da Odebrecht Carlos Armando Paschoal, disse à Justiça de São Paulo que "quase foi coagido a fazer um relato sobre o que tinha ocorrido" e que teve que "construir um relato" no caso do sítio de Atibaia. O ex diretor fez críticas aos procuradores da força tarefa.

 

O ex-presidente Lula e o ex-diretor foram condenados no caso do sítio. O caso não tem relação direta com os processos contra a Lula.

 

Segundo o Uol, no depoimento ao Tribunal de Justiça de São Paulo, no dia 03 de julho, como testemunha contra, Elton Santa Fé Zacarias, ex ministro de Ciência e Tecnologia, Paschoal não explicar detalhes da 'coação' o do que teria 'construído' em seu depoimento.  

Sobe Catracas

SUSAN MONTEVERDE, jornalista

Parintinense vai representar o Brasil no Seminário Global de Salzburg (SGS), na Áustria, nos diálogos das áreas de Cultura, Artes e Sociedade.

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos (PA)

MPF vai investigar prefeito por suposto desvio de recursos federais, repassados ao município pelo Ministério da Integração Nacional