DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/07/2019

Por 379 a 131, Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência

O texto tem de passar ainda por análise em segundo turno, o que pode ocorrer nesta semana.

Por 379 a 131, Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência Presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil

 

Depois de oito horas de debates, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, o texto principal da reforma da Previdência. A proposta teve 379 votos a favor e 131 votos contra.

 

Agora, os parlamentares começam a votar os 20 destaques apresentados pelas bancadas. Mais cedo, os deputados tinham concordado em derrubar as emendas individuais e manter apenas as de bancada.

 

Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadorias para policiais e agentes de segurança que servem à União.

 

A reforma da Previdência precisava de 308 votos, o equivalente a três quintos dos deputados, para ser aprovada. Se aprovado em segundo turno, o texto segue para análise do Senado, onde também dev e ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores. 

 

debate do texto principal foi aberto por volta das 17h, quando a Câmara rejeitou o último requerimento de retirada de pauta da reforma da Previdência. Nas últimas horas, os líderes dos partidos estavam encaminhando as orientações para as bancadas.

 

Sobe Catracas

MÁRIO DE MELLO, conselheiro do TCE/AM

Foi eleito, por unanimidade, novo presidente do Tribunal de Contas do AM, para o biênio 2020-2021, e toma posse em dezembro 

Desce Catracas

HENRIQUE COSTA, prefeito de Juruti (PA)

Moradores cobram água potável e asfalto nas ruas e questionam investimentos de royaltes da Alcoa