DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/07/2019

Instituições voltadas para crianças ganharam 90% dos prêmios da Campanha Nota Fiscal Amazonense

Dos dez prêmios mensais destinados a organizações não governamentais, nove foram ganhos por entidades que atendem crianças.

Instituições voltadas para crianças ganharam 90% dos prêmios da Campanha Nota Fiscal Amazonense 47º sorteio mensal aconteceu, nesta quarta-feira (10). Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Governo do Estado do Amazonas, por meio da Campanha Nota Fiscal Amazonense (NFA), premiou oito instituições que desenvolvem atividades sociais voltadas para o bem-estar de crianças. Dos dez prêmios mensais destinados a organizações não governamentais que executam ações direcionadas para a população em geral, nove foram ganhos por entidades que atendem crianças. O lar Batista Janell Doyle, ganhou dois prêmios – um de R$ 2 mil e o segundo de R$ 4 mil.

 

O 47º sorteio mensal aconteceu, nesta quarta-feira (10), ao vivo no estúdio da TV Cultura. O sorteio foi bastante concorrido. Mais de 3 milhões de bilhetes eletrônicos foram emitidos para 183.599 consumidores que se cadastraram na campanha pelo site, nfamazonense.sefaz.am.gov.br, e colocaram o CPF na nota ao longo do mês de junho. Foram emitidas 1.071.476 notas fiscais de consumidor eletrônica (NFC-e), que totalizaram cerca de R$ 258 milhões em operações de no comércio varejista.

 

A campanha é uma iniciativa do Governo do Amazonas, implementada pela Gerência de Educação Fiscal da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM). Neste sorteio, foram distribuídos R$ 105 mil para cidadãos e entidades sociais. As pessoas físicas ganharam sete prêmios de R$ 5 mil, dois de R$ 10 mil e um de R$ 20 mil. As entidades “apadrinhadas” pelos ganhadores concorreram a sete prêmios de R$ 2 mil, dois de R$ 4 mil e um de R$ 8 mil.

 

Os nomes dos vencedores foram anunciados durante a exibição do sorteio, que contou com a participação da psicóloga Andréia Almeida da Casa Vhida, uma das entidades participantes da NFA. “A campanha vem despertar na sociedade a educação e o cuidado com o próximo. Nós da Casa Vhida enxergamos no “apadrinhamento” a empatia voltada para a sociedade. É desse dinheiro que nós conseguimos realizar a manutenção da nossa sede e comprar tudo o que as nossas crianças precisam”, relatou emocionada.

 

Ganhadores

Foram sorteados com o prêmio de R$ 5 mil: Maria do Socorro Melo de Almeida, Isaque Lucas Andrade de Melo, Gabrielly Santos de Oliveira, Rayane Pinheiro Nunes, Lucas Lima Viana, Jean Carlos Coelho Pinheiro e Márcia Patrícia Barata Rodrigues. Receberão R$ 10 mil : William de Souza Vieira e Letícia de Jesus Farias. O grande ganhador do sorteio foi André Leite Silva, que terá creditado na sua conta corrente pela Sefaz/AM, R$ 20 mil.

 

Os abrigos Moacyr Alves e Coração do Pai, a Associação Missionária de Apoio e Resgate (Amar), a Associação de Apoio à Criança com HIV (Casa Vhida), as Aldeias Infantis SOS Brasil e a Sociedade São Vicente de Paulo ganharam R$ 2 mil cada. O Lar Francisco de Assis receberá R$ 4 mil, o Lar Batista Janell Doyle R$ 6 mil e o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), R$ 8 mil.

 

Sobre a campanha - Com o objetivo de incentivar a cidadania fiscal, combater a sonegação e estimular a arrecadação de tributos estaduais, a Campanha Nota Fiscal Amazonense foi criada em agosto de 2015. Cerca de 308 mil pessoas cadastraram o CPF no portal da campanha e participam dos sorteios diários, mensais e especiais.

 

Para se cadastrar, basta acessar o site http://nfamazonense.sefaz.am.gov.br, preencher os dados pessoais e bancários corretamente, escolher uma entidade social para apadrinhar e pedir CPF na nota em todas as compras.

Sobe Catracas

GERSON MOURÃO, diretor-presidente da Fundação Cecon

Com 34 anos de atuação na medicina, recebe Medalha de Ouro Cidade de Manaus da CMM, considerado a maior honraria do Poder Legislativo Municipal.

Desce Catracas

GLÊNIO SEIXAS, prefeito de Barreirinha

Líderanças indigenas se queixam que Prefeitura se recusa a fazer parceria com a Sesai para atender doentes da etnia sateré-maué