DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/07/2019

Omar Aziz: 'Não lutamos só pela Zona Franca, mas pela indústria brasileira'

Portaria do Ministério da Economia atinge duramente setor de informática da Zona Franca de Manaus

Omar Aziz: 'Não lutamos só pela Zona Franca, mas pela indústria brasileira' Senador Omar Aziz, na reunião da Comissão de Assuntos Econômicos

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - Nesta terça-feira (09/07), em audiência da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, da qual é presidente, o senador Omar Aziz (PSD) manifestou sua preocupação com a portaria 309, do Ministério da Economia, que reduz impostos de produtos importados para bens de capital e de informática.

 

Depois de ouvir críticas de representantes da indústria nacional, senadores da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) decidiram, nesta terça-feira (9), apresentar um projeto de decreto legislativo para derrubar a Portaria 309/2019, do Ministério da Economia. A CAE também aprovou um convite ao ministro da Economia, Paulo Guedes, para debater o assunto.

 

Para o senador Omar Aziz, a medida defendida pelo Governo Federal precisa ser debatida, para não comprometer a geração de empregos e a competitividade da indústria brasileira: “O que nós estamos lutando não é só pela Zona Franca de Manaus, mas sim pela indústria brasileira. Só tem consumo, se houver empregos, sem emprego o cidadão não tem recursos para consumir estes produtos”, comentou.

 

" Não lutamos só pela Zona Franca de Manaus, mas pela Indústria brasileira", Omar Aziz  

 

O senador destacou, ainda, que medidas iguais em outros países não surtiram os efeitos desejados: “Outros países tentaram isso, mas não deu certo, porque as industrias que monopolizam o setor no mundo chegam com preço menor e quando quebram a indústria local, eles aumentam para o preço que quiser, e ninguém poderá controlar esses preços”, disse o senador.

 

Por fim, o senador destaca que a portaria não deve ser revogada, mas sim analisada para dar objetividade a questões subjetivas: “Nós temos que analisar essas questões ponto a ponto, para dar uma garantia e segurança, pois não adianta melhorar a economia brasileira se não gerarmos empregos. Temos mais de 14 milhões de pessoas desempregadas e tomando essas medidas que o Governo pretender tomar, isso vai dificultar e desempregar mais o cidadão”, finalizou o senador amazonense.

Sobe Catracas

GERSON MOURÃO, diretor-presidente da Fundação Cecon

Com 34 anos de atuação na medicina, recebe Medalha de Ouro Cidade de Manaus da CMM, considerado a maior honraria do Poder Legislativo Municipal.

Desce Catracas

GLÊNIO SEIXAS, prefeito de Barreirinha

Líderanças indigenas se queixam que Prefeitura se recusa a fazer parceria com a Sesai para atender doentes da etnia sateré-maué