DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/07/2019

Therezinha Ruiz lança apelo contra o fechamento do Bosque da Ciência

Visitas ao Bosque da Ciência estão suspensas a partir desta terça (9)

Therezinha Ruiz lança apelo contra o fechamento do Bosque da Ciência Deputada estadual Therezinha Ruiz. Foto: Ricardo Machado/divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - “Não podemos deixar que o Bosque da Ciência desapareça do contexto educacional, científico e turístico de Manaus”. O apelo foi lançado hoje (9) pela deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB), ao solicitar providências do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e das autoridades do Estado, para garantir o apoio necessário ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), visando a manutenção e funcionamento do Bosque da Ciência.

 

Da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Therezinha Ruiz disse que “recebemos com preocupação o núncio do fechamento desse espaço de referência na pesquisa, na educação dos nossos alunos, no lazer, e importante ponto turístico de Manaus, onde os visitantes contemplam a rica biodiversidade da fauna e flora amazônica”.

 

Presidente da Comissão de Educação da Aleam, Therezinha considerou lamentável que um espaço de visitação pública com 13 hectares de floresta, que recebe aproximadamente 100 mil pessoas por ano, possua apenas quatro servidores e alguns estagiários trabalhando na manutenção e atendimento aos visitantes.

 

Na avaliação da deputada, é ainda mais preocupante que os valores gerados pelo pagamento de ingressos, ao preço de R$ 5, sejam depositados em uma conta federal e não retornem ao Inpa, conforme informações da coordenadora de Extensão do instituto, Rita Mesquita. “Vamos solicitar explicações ao Ministério da Ciência e Tecnologia sobre essa situação”, adiantou a deputada.

 

O Bosque da Ciência completou em abril, 24 anos de atividade, e dentre o público visitante, cerca de 70% tem acesso gratuito, com prioridade para crianças, idosos e grupos de estudantes das escolas de Manaus. De acordo com a pesquisadora Rita Mesquita, as visitas agora, são restritas a grupos previamente agendados, e por tempo indeterminado.

Sobe Catracas

GERSON MOURÃO, diretor-presidente da Fundação Cecon

Com 34 anos de atuação na medicina, recebe Medalha de Ouro Cidade de Manaus da CMM, considerado a maior honraria do Poder Legislativo Municipal.

Desce Catracas

GLÊNIO SEIXAS, prefeito de Barreirinha

Líderanças indigenas se queixam que Prefeitura se recusa a fazer parceria com a Sesai para atender doentes da etnia sateré-maué