DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/06/2019

Em Parintins, Náferson Cruz lança livro em festa dos ‘Poetas da Baixa’

O evento acontecerá no Buteco do Verçosa

Em Parintins, Náferson Cruz lança livro em festa dos ‘Poetas da Baixa’ Náferson Cruz. (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Abordando em forma de poesia o fascinante mundo das mitologias amazônicas, a comunhão entre o homem e natureza e o clamor pela preservação da floresta, a obra intitulada “Baiawi das Ventanias” do jornalista, compositor, poeta e escritor, Náferson Cruz, será lançada nesta quarta-feira (27), no Buteco do Verçosa, em Parintins, durante a 3a Feijoada dos Poetas da Baixa.

O livro publicado pela editora Diário Oficial do Amazonas reúne 24 poesias divididos em seis capítulos: Contemplação a Natureza, O Caboclo e a Floresta, A poética das Lendas, Gênese dos Cacicados, As Profecias e as Flechas e, Súplicas pela Vida. São poemas com ênfase na regionalização popular, dentre os quais se destaca a poesia “Estrela das Águas”. Com ela, o autor recebeu Menção Honrosa do Prêmio Sarau Brasil-2018.

A poesia de Náferson Cruz, além de abordar temática indígena, lança sua visão singular sobre questões da biodiversidade, cujo ‘grito’ fala para o mundo que a floresta viva é fundamental para melhor qualidade de vida da humanidade. “A obra dimana pelo mundo imaginário dos nossos ancestrais, cuja maloca (Baiawi) se coloca como universo, orbe nativa, morada dos homens e que precisa do nosso amor para que os filhos do amanhã não venham a perecer entre as conflagrações”, ressalta o poeta.  

Baiawi das Ventanias traz ainda imagens do renomado fotojornalista Ricardo Oliveira e o prefácio do poeta e escritor amazonense Elpídio Nunes. “São dois exímios profissionais que foram fundamentais para o desenvolvimento desta obra, a primeira de muitas que virão não só no campo da poesia, mas também na área do jornalismo, fábulas e contos”, destacou Náferson.


CAPA DO LIVRO
Descendente de indígenas, Emerson Munduruku nasceu na Amazônia brasileira, e os laços que o conectam com a floresta são tantos e tão intrincados que, em seu momento de maior transformação, o biólogo criou Uýra Sodoma (imagem que ilustra a capa da 1ª edição da obra Baiawi das Ventanias), seu alterego drag monstra, para ensinar sobre respeito à Vida e proteção dos recursos naturais da Amazônia.


Emerson Munduruku é biólogo, mestre em ecologia pelo Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), militante ambiental e de direitos humanos e trabalha como arte-educador na Fundação Amazônia Sustentável, atuando em comunidades ribeirinhas, as quais considera fundamentais nos processos de conservação ambiental.


SOBRE O AUTOR
• Náferson Cruz é Membro da Academia de Letras e Culturas da Amazônia;
• Membro da União Brasileira dos Compositores (UBC);
• Destaque no Prêmio Sarau Brasil – 2018 (Concurso Nacional dos Novos Poetas). Obteve a 21ª colocação entre 5,2 mil obras inscritas em todo o Brasil. A poesia de autoria de Náferson Cruz, “Estrela das Águas” consta na inserção de destaque, Menção Honrosa, na antologia poética Sarau Brasil – 2018, publicado pela editora Vivara;
• Destaque no Prêmio Poesia Livre – Inverno 2018. O poema “O tempo no Refúgio das Almas” foi uma das 100 obras classificadas num universo de três mil escritores e poetas em todo o país;
• Foi um dos 30 poetas da Amazônia Brasileira selecionado para compor o projeto Jaçanã – Poética sobre as Águas, desenvolvido pela Parágrafo, editora paraense. A antologia poética conta com três de suas obras e a sua biografia;
Como jornalista atuou nos principais jornais do Amazonas: O Estado do Amazonas, A Crítica, Diário do Amazonas, Dez Minutos, A Tarde e Amazonas Em Tempo. Em 2008 atuou como correspondente da editoria de política do Grupo Uol/Folha de São Paulo, no Amazonas
• Vencedor do Prêmio Nacional de Jornalismo - Ministério Público do Trabalho (MPT), categoria Web, em 2016;
• Indicado ao Prêmio Embratel Nacional de Jornalismo, ocupou as três primeiras colocações dos selecionados na Região Norte;
• Indicado ao Prêmio Onça Pintada de Jornalismo, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (SDS);
• Indicado ao Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo, Regional Norte, promovido pela Rede Amazônica de Comunicação;
• Mais de 50 canções gravadas em festivais nos estados do Amazonas e Pará, com destaque para as toadas gravadas pelos bumbás Garantido e Caprichoso.


SERVIÇO
O que: lançamento do livro Baiawi das Ventanias, de Náferson Cruz
Quando: dia 27 de junho de 2019, quarta-feira, às 13h
Onde: Buteco do Verçosa, em Parintins
Livro no formato 14x21cm, 85 páginas.

Sobe Catracas

VANESSA ALFAIA, cantora amazonense

Ganhou prêmio de Intérprete Revelação, no Festival de Toada de Parintins 2019, com canção 'Tupinambarana'

Desce Catracas

HENRIQUE COSTA, prefeito de Juruti (PA)

Moradores cobram água potável e asfalto nas ruas e questionam investimentos de royaltes da Alcoa