DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/06/2019

Em Parintins, Náferson Cruz lança livro em festa dos ‘Poetas da Baixa’

O evento acontecerá no Buteco do Verçosa

Em Parintins, Náferson Cruz lança livro em festa dos ‘Poetas da Baixa’ Náferson Cruz. (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Abordando em forma de poesia o fascinante mundo das mitologias amazônicas, a comunhão entre o homem e natureza e o clamor pela preservação da floresta, a obra intitulada “Baiawi das Ventanias” do jornalista, compositor, poeta e escritor, Náferson Cruz, será lançada nesta quarta-feira (27), no Buteco do Verçosa, em Parintins, durante a 3a Feijoada dos Poetas da Baixa.

O livro publicado pela editora Diário Oficial do Amazonas reúne 24 poesias divididos em seis capítulos: Contemplação a Natureza, O Caboclo e a Floresta, A poética das Lendas, Gênese dos Cacicados, As Profecias e as Flechas e, Súplicas pela Vida. São poemas com ênfase na regionalização popular, dentre os quais se destaca a poesia “Estrela das Águas”. Com ela, o autor recebeu Menção Honrosa do Prêmio Sarau Brasil-2018.

A poesia de Náferson Cruz, além de abordar temática indígena, lança sua visão singular sobre questões da biodiversidade, cujo ‘grito’ fala para o mundo que a floresta viva é fundamental para melhor qualidade de vida da humanidade. “A obra dimana pelo mundo imaginário dos nossos ancestrais, cuja maloca (Baiawi) se coloca como universo, orbe nativa, morada dos homens e que precisa do nosso amor para que os filhos do amanhã não venham a perecer entre as conflagrações”, ressalta o poeta.  

Baiawi das Ventanias traz ainda imagens do renomado fotojornalista Ricardo Oliveira e o prefácio do poeta e escritor amazonense Elpídio Nunes. “São dois exímios profissionais que foram fundamentais para o desenvolvimento desta obra, a primeira de muitas que virão não só no campo da poesia, mas também na área do jornalismo, fábulas e contos”, destacou Náferson.


CAPA DO LIVRO
Descendente de indígenas, Emerson Munduruku nasceu na Amazônia brasileira, e os laços que o conectam com a floresta são tantos e tão intrincados que, em seu momento de maior transformação, o biólogo criou Uýra Sodoma (imagem que ilustra a capa da 1ª edição da obra Baiawi das Ventanias), seu alterego drag monstra, para ensinar sobre respeito à Vida e proteção dos recursos naturais da Amazônia.


Emerson Munduruku é biólogo, mestre em ecologia pelo Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), militante ambiental e de direitos humanos e trabalha como arte-educador na Fundação Amazônia Sustentável, atuando em comunidades ribeirinhas, as quais considera fundamentais nos processos de conservação ambiental.


SOBRE O AUTOR
• Náferson Cruz é Membro da Academia de Letras e Culturas da Amazônia;
• Membro da União Brasileira dos Compositores (UBC);
• Destaque no Prêmio Sarau Brasil – 2018 (Concurso Nacional dos Novos Poetas). Obteve a 21ª colocação entre 5,2 mil obras inscritas em todo o Brasil. A poesia de autoria de Náferson Cruz, “Estrela das Águas” consta na inserção de destaque, Menção Honrosa, na antologia poética Sarau Brasil – 2018, publicado pela editora Vivara;
• Destaque no Prêmio Poesia Livre – Inverno 2018. O poema “O tempo no Refúgio das Almas” foi uma das 100 obras classificadas num universo de três mil escritores e poetas em todo o país;
• Foi um dos 30 poetas da Amazônia Brasileira selecionado para compor o projeto Jaçanã – Poética sobre as Águas, desenvolvido pela Parágrafo, editora paraense. A antologia poética conta com três de suas obras e a sua biografia;
Como jornalista atuou nos principais jornais do Amazonas: O Estado do Amazonas, A Crítica, Diário do Amazonas, Dez Minutos, A Tarde e Amazonas Em Tempo. Em 2008 atuou como correspondente da editoria de política do Grupo Uol/Folha de São Paulo, no Amazonas
• Vencedor do Prêmio Nacional de Jornalismo - Ministério Público do Trabalho (MPT), categoria Web, em 2016;
• Indicado ao Prêmio Embratel Nacional de Jornalismo, ocupou as três primeiras colocações dos selecionados na Região Norte;
• Indicado ao Prêmio Onça Pintada de Jornalismo, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (SDS);
• Indicado ao Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo, Regional Norte, promovido pela Rede Amazônica de Comunicação;
• Mais de 50 canções gravadas em festivais nos estados do Amazonas e Pará, com destaque para as toadas gravadas pelos bumbás Garantido e Caprichoso.


SERVIÇO
O que: lançamento do livro Baiawi das Ventanias, de Náferson Cruz
Quando: dia 27 de junho de 2019, quarta-feira, às 13h
Onde: Buteco do Verçosa, em Parintins
Livro no formato 14x21cm, 85 páginas.

Sobe Catracas

GERSON MOURÃO, diretor-presidente da Fundação Cecon

Com 34 anos de atuação na medicina, recebe Medalha de Ouro Cidade de Manaus da CMM, considerado a maior honraria do Poder Legislativo Municipal.

Desce Catracas

GLÊNIO SEIXAS, prefeito de Barreirinha

Líderanças indigenas se queixam que Prefeitura se recusa a fazer parceria com a Sesai para atender doentes da etnia sateré-maué