DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/06/2019

Bruno Gissoni critica o Flamengo por publicar foto de Bolsonaro e Moro: ‘Que Vergonha’

Perfil oficial do Flamengo nas redes sociais postou foto de dirigentes do clube com Bolsonaro e Moro

Bruno Gissoni critica o Flamengo por publicar foto de Bolsonaro e Moro: ‘Que Vergonha’ Bruno Gissoni. Foto: divulgação

A publicação de uma foto do presidente Jair Bolsonaro com a camisa do Flamengo ao lado do ministro da Justiça, Sérgio Moro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, revoltou Bruno Gissioni. O ator deixou três comentários na postagem feita pelo perfil oficial do Rubro-Negro no Instagram para demonstrar sua indignação e chamar de “vergonha”.

 

O artista, que é flamenguista, disse que “prefere Pará para o resto da história” do que ver um registro desse postado na rede social da equipe.

 

“Que vergonha! Apaga! O que passa na cabeça de vocês!? Prefiro o Pará Titular para o resto da história do Flamengo”, disse no primeiro comentário. “Diz que o insta foi hackeado! Nojo!”, escreveu uma segunda vez antes de finalizar: “Um comentário só não basta, Vocês estão de sacanagem!”.

 

Bruno Gissioni criticou o Flamengo por publicar foto com Bolsonaro
Bruno Gissioni criticou o Flamengo por publicar foto com Bolsonaro Foto: Reprodução / Instagram

 

Antes da vitória por 2 a 0 sobre o CSA, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, Bolsonaro ganhou um uniforme vermelho e preto e um branco autografado, que utilizou quando o jogo começou. Ele chegou a segurar o escudo e se posicionar de pé para fotos do público e da imprensa. Já Moro foi mais discreto.

 

O presidente é declarado torcedor do Palmeiras, enquanto o ministro já foi visto na Arena Da Baixada acompanhando o Athletico-PR. Quem também foi presenteado com o uniforme foi o vice-presidente Hamilton Mourão, que é torcedor do Flamengo confesso. // JORNAL EXTRA

@pw_instagram

Sobe Catracas

HELOÍSA DE MOURA, aluna da rede municipal de Manaus

Representando o AM, Poema dela foi classificado para final da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa 

Desce Catracas

HENRIQUE FALABELLA, prefeito de Urucará (AM)

Famílias denunciam mortes de bebês por falta de médicos no Hospital Municipal e cobram providências do prefeito