DeAmazônia

MENU
Atualizado em 30/05/2019

Omar Aziz volta a pedir no Congresso segurança nas fronteiras do Amazonas

Fronteira do AM na Colômbia, Peru, Venezuela e Paraguai, por onde entram drogas e armas, não tem fiscalização, diz senador

Omar Aziz volta a pedir no Congresso segurança nas fronteiras do Amazonas Senador Omar Aziz

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM -  O senador Omar Aziz (PSD) voltou a cobrar no Plenário do Senado que o Ministério da Justiça e Segurança Publica reforce a segurança nas fronteiras do Amazonas por onde entram as drogas e armas a fim de combater a violência e novas tragédias no Amazonas como o segundo massacre em presídios ocorridos em Manaus, no início desta semana.

 

 “Traficante traz a droga de outros países e o Amazonas tem uma fronteira longa. Nós temos lá em cima na Colômbia e no Peru, na tríplice fronteira do Brasil, a entrada de drogas pelo Rio Amazonas, no Alto Solimões. Nós temos no Rio Negro a entrada de drogas pela Venezuela, Nós temos em Mato Grosso a entrada de drogas pela Bolívia, pelo Paraguai. As nossa fronteiras são largas, extensas e sem fiscalização”, afirmou Omar Aziz, em discurso no plenário.

 

Na semana passada, o senador, acompanhado dos deputados federais Sidney Leite (PSD), Bosco Saraiva, Capitão Alberto Neto, reuniu com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. A bancada pediu que o ministro visite Tabatinga, no Amazonas, para conhecer a tríplice fronteira. 

 

Omar propôs que o Congresso aprove a criação de um Fundo da Segurança Pública, como ocorre com a Saúde, que tem o SUS, para serem resolvidos efetivo de homens na defesa das fronteiras e em investimento em tecnologia de ponta para auxiliar no trabalho.

Sobe Catracas

JAMIL MEDEIROS, professor de educação física

Recebeu da Câmara de Parintins, o Título de Cidadão Parintinense

Desce Catracas

NORMANDO BESSA, prefeito de Tefé

Estudantes gravaram vídeo para mostrar que estão sem transporte escolar e andam à pé em ramal de lama e barro