DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/05/2019

Terremoto no Peru é sentido em três cidades do Amazonas, no Acre e Colômbia

Forte tremor de terra atingiu na madrugada deste domingo (26), Atalaia do Norte, Tabatinga e Benjamin Constant (AM) e Cruzeiro do Sul (AC)

Terremoto no Peru é sentido em três cidades do Amazonas, no Acre e Colômbia Epicentro registrado no Peru, foi sentindo com intensidade na Colômbia; prédios e casas desabaram

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Um terremoto com uma magnitude de 7,2 graus foi detectado no Alto Amazonas do Peru, a cerca de 70 Km a sudeste do distrito de Lagunas, informou o Instituto Geofísico Peruano (IGP).  O IGP informou também que o tremor foi registrado  uma profundidade de 141 quilômetros. No Peru e na Colômbia ocorreram destruição de prédios, de acordo com imagens de moradores repassadas ao Portal DeAMAZÔNIA.  

 

O terremoto ocorrido no Peru foi sentido com maior intensidade em toda a Colômbia e sacudiu o país.O Serviço Geológico da Colômbia informa que o terremoto lá foi de magnitude 8.3. 

peri dosis

No Brasil, o tremor de terra foi sentido na madrugada deste domingo nos municípios amazonenses de Atalaia do Norte, Benjamin Constante e Tabatinga, municípios localizados na tríplice fronteira ( Brasil-Colômbia-Peru). Moradores de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, também sentiram o sismo, registrado logo após as 2h41 deste domingo (26/05), horário de Rio Branco, Acre.

    

A imprensa peruana informa que em localidades próximas ao epicentro, o abalo foi sentido de maneira clara. O tremor também foi registrado na capital do Peru, Lima. Momento antes do terremoto, o governo havia emitido alerta aos moradores no Peru.

 

Não há informações sobre danos ou feridos.

VEJA AS PRIMEIRAS IMAGENS ENVIADAS AO PORTAL DEAMAZÔNIA

imagensnsss

peri

 EPICENYTOS

Sobe Catracas

DURANGO DUARTE, publicitário

Empresário na área de Marketing e Comunicação, recebe título de Cidadão do Amazonas, na ALE/AM, por trabalho realizado no estado  

Desce Catracas

JADE ABREU, prefeita de Faro (PA)

Justiça Federal tornou a prefeita ré em ação que investiga esquema criminoso que desviou dinheiro da saúde, no Pará