DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/05/2019

Fórum de Itacoatiara passa a realizar audiências de custódia

Portaria assinada pelo juiz Saulo Goes Pinto estabelece o plantão judicial e regulamenta as audiências

Fórum de Itacoatiara passa a realizar audiências de custódia Fórum Dr. José Rebelo de Mendonça, em Itacoatiara. (Foto: Raphael Alves)

DEAMAZÔNIA ITACOATIARA, AM - O Fórum da Comarca de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus) passará a realizar audiências de custódias, procedimento que atende à Resolução n° 12/2016, do Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas, bem como à Resolução 213/2015, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que segue diretrizes de pactos e tratados internacionais assinados pelo Brasil, como o Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos e a Convenção Interamericana de Direitos Humanos, conhecida como Pacto de San Jose.

 

Assinada pelo juiz Saulo Goes Pinto, titular da 1ª Vara de Itacoatiara e diretor do Fórum da Comarca, a Portaria 001/2019, que estabelece o plantão judicial e regulamenta as audiências de custódia naquela jurisdição, foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira (dia 23).

 

O plantão funcionará semanalmente das 14h às 18h, e nos feriados, finais de semana e pontos facultativos, das 8h às 18h. As audiências de custódia serão realizadas, preferencialmente, das 13h às 14h.

 

De acordo o magistrado, a regulamentação foi promovida a partir do alinhamento com todos os órgão envolvidos, no sentido de verificar a disponibilidade e delinear a participação de cada um.

 

“Durante o mês de fevereiro diligenciamos junto a todos os envolvidos. Conversamos entre os colegas juízes e enviamos oficios para o Ministério Público, Defensoria, Policia Civil, Policia Militar. Verificamos, com cautela, todas as dificuldades. No caso da segurança do deslocamento dos custodiados, o transporte ficará sob responsabilidade da policia civil. Estabelecemos a realização no expediente forense, a partir do ponto de vista dos colegas juízes. Caso haja algum tipo de carência na segurança ou a integridade física do juiz não esteja garantida, ele poderá não realizar a audiência de custodia naquele momento, até que as condições de segurança sejam restabelecidas”, explica o juiz Saulo.

 

O magistrado também ressaltou que a cidade não possui um acompanhamento estatístico de ocorrências, mas a realidade local foi avaliada, e verificado que em época de eventos aumentam os índices de flagrantes, principalmente, na realização de grandes festas, como o aniversário da cidade.

 

“A demanda pode variar, chegando a dez ocorrências por plantão. A partir de agora, com a implementação da custódia, vamos ter mais precisão nesses dados. O importante é que estamos dando cumprimento a uma determinação e isso independe de termos apenas um ou cinquenta casos”, explica Saulo Góes.

 

 

Como funciona a audiência de custódia

Audiência de Custódia consiste na garantia da rápida apresentação do preso a um juiz nos casos de prisões em flagrante. O acusado é apresentado e entrevistado pelo juiz, em uma audiência em que são ouvidas também as manifestações do Ministério Público, da Defensoria Pública ou do advogado do preso.

 

Durante a audiência, o juiz analisa a prisão sob o aspecto da legalidade, da necessidade e da adequação da continuidade da prisão ou da eventual concessão de liberdade, com ou sem a imposição de outras medidas cautelares. O juiz também poderá avaliar eventuais ocorrências de tortura ou de maus-tratos, entre outras irregularidades.

Sobe Catracas

ENNIO CANDOTTI, diretor do Museu da Amazônia (Musa)

Professor receberá nesta quarta (21), na Aleam, o Título de Cidadão do Amazonas

Desce Catracas

RODRIGO TOBIAS, secretário de Saúde do AM

Serviço de aerotaxí com UTI móvel para transportar doentes do interior para Manaus não funciona, com implantação do sistema via internet