DeAmazônia

MENU
Atualizado em 18/04/2019

Ex-BBB Maycon fica na mira da polícia por acusação de zoofilia

Maycon teve a audiência judicial adiada para maio

Ex-BBB Maycon fica na mira da polícia por acusação de zoofilia Maycon Santos foi participante do BBB19. Foto: reprodução/TV GLOBO

Ex-BBB19, Maycon Santos está na mira da polícia após ser denunciado por zoofilia e a mãe do brother, que teve depoimento na Justiça adiado, se pronunciou sobre a situação dele.

 

De acordo com informações do jornal Extra, Maycon teve a audiência judicial adiada. Ele, no entanto, vai precisar prestar esclarecimentos à Justiça após fazer revelações no BBB19, onde relatou ações que praticava apontadas como zoofilia e maus-tratos a animais.

 

O ex-BBB teria que esclarecer suas declarações em depoimento marcado a última segunda-feira (15), no Juizado Especial Criminal de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, mas com o adiamento, a audiência foi remarcada para maio. A informação, inclusive, foi confirmada pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça.

 

Durante conversa com o jornal Extra, a mãe de Maycon, Rozana Santos, garantiu que o filho está tranquilo em relação de ter que prestar depoimento na Justiça. “Preocupado ele não está. Ele não fez nada grave. O comentário dentro do programa não afetou ninguém”, disse ela.

 

O caso teve início em fevereiro, quando o brother fez comentários no reality show da Globo que foram classificados na web como indícios de maus-tratos a animais e zoofilia. Entre outras declarações, ele disse ter perdido a virgindade com uma bezerra e contou que amarrou bombinhas no rabo de um gato.

 

A partir daí, Maycon Santos passou a ser investigado por conta das declarações e o pedido foi reforçado pelo Juizado Especial Criminal de Niterói (Jecrim), que solicitou providências à Polícia Civil. Na época, o despacho pediu que o participante fosse intimado a depor e relatou que, apesar de não parecer ter tido a intenção de cometer o crime, ele praticou o delito.

 

“Maycon incorreu no delito previsto no artido 287 (fazer, publicamente, apologia de fato criminoso) do Código Penal… Ainda que tenham sido decalrações sem a intenção de stimular o delito de mais tratos, ele se consumou, sim. Por tudo, e não tendo o direito de omitir quanto às diversas denúncias recebidas, sejam de anônimos ou de artistas, e enquanto representante do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, cumpro este dever de oficiar a esta delegacia especializada para a realização das providências cabíveis, solicitando a condução imediata de Maycon a prestar depoimento sobre os fatos nesta delegacia”, disse o despacho, em fevereiro.

 

Além disso, o documento solicitou ainda que a direção do BBB19 tivesse uma conversa com Maycon e o orientasse a pedir desculpas ao vivo. Na ocasião, sua mãe, Rozana, pediu perdão pelo erro do filho: “Não estou sabendo de nada ainda. Mas peço desculpas pelas brincadeiras sem graça dele. Assim que sair, Maycon vai pedir desculpas por tudo. Meu filho é uma pessoa do bem e que não merece passar por isso, ele não tem maldade, é imaturo”.

 

O caso vem sendo alvo de investigações do XVI Jecrim, que apura crime previsto no artigo 287 do Código Penal (fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime). // TV O FOCO

Sobe Catracas

FÁBIO CAVALCANTI, jogador de dama

Amazonense foi destaque em Campeonato Nacional de Jogo de Dama e conquistou medalha de bronze na competição, em Maceió

Desce Catracas

WLADMIR COSTA, ex-deputado federal pelo Pará

Justiça Federal condenou ele e o irmão, Mário Sérgio Costa, superintendente do Incra, a perda dos direitos políticos, por usarem órgão para promoção pessoal