DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/04/2019

Ministério da Saúde começa a pagar salários atrasados de funcionários da Sesai

Despacho foi publicado nesta quarta (10) e atende a pleito defendido pelo deputado federal Sidney Leite

Ministério da Saúde começa a pagar salários atrasados de funcionários da Sesai Sidney Leite (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Nesta quarta-feira (10), o Ministério da Saúde publicou um despacho do ministro Luiz Henrique Mandetta, em que autoriza o pagamento da primeira parcela do pagamento de servidores que atuam na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que estavam com os salários atrasados.

 

A decisão acontece após várias gestões do deputado federal Sidney Leite (PSD) no ministério, em que cobrava a atenção sobre a manutenção da Sesai e o pagamento dos funcionários.

 

No dia 21 de março, durante seu pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados, Sidney Leite cobrou uma resposta do Ministério da Saúde em relação ao fato e denunciava a paralisação dos serviços da Sesai entre os povos indígenas, prejudicando centenas de índios em todo o país e, principalmente no Amazonas, onde concentra a maior população indígena do Brasil.

 

"Recebo essa notícia do Ministério da Saúde com muita satisfação, pois o governo tem que garantir a atenção básica aos índios", disse o deputado.

 

No despacho, o ministro Mandetta prorroga ainda o convênio Sesai/MS nº 878441/2018.

Sobe Catracas

ALGACIR ANTÔNIO POLSIN, general do Exército

Assumiu o posto de chefe do Estado Maior do Comando Militar da Amazônia (CMA)

Desce Catracas

PATRÍCIA HAGE, ex-prefeita de Prainha (PA)

Justiça Federal condenou ela por improbidade administrativa, acusada de suposto envolvimento em esquema de desvio de verbas da Saúde