Segunda, 23 de novembro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/04/2019

Ministério da Saúde começa a pagar salários atrasados de funcionários da Sesai

Despacho foi publicado nesta quarta (10) e atende a pleito defendido pelo deputado federal Sidney Leite

Ministério da Saúde começa a pagar salários atrasados de funcionários da Sesai Sidney Leite (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Nesta quarta-feira (10), o Ministério da Saúde publicou um despacho do ministro Luiz Henrique Mandetta, em que autoriza o pagamento da primeira parcela do pagamento de servidores que atuam na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que estavam com os salários atrasados.

 

A decisão acontece após várias gestões do deputado federal Sidney Leite (PSD) no ministério, em que cobrava a atenção sobre a manutenção da Sesai e o pagamento dos funcionários.

 

No dia 21 de março, durante seu pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados, Sidney Leite cobrou uma resposta do Ministério da Saúde em relação ao fato e denunciava a paralisação dos serviços da Sesai entre os povos indígenas, prejudicando centenas de índios em todo o país e, principalmente no Amazonas, onde concentra a maior população indígena do Brasil.

 

"Recebo essa notícia do Ministério da Saúde com muita satisfação, pois o governo tem que garantir a atenção básica aos índios", disse o deputado.

 

No despacho, o ministro Mandetta prorroga ainda o convênio Sesai/MS nº 878441/2018.

Sobe Catracas

ERLON ROCHA, vereador eleito de Santarém

Empresário do ramo naval foi o vereador mais votado, em Santarém (PA), obtendo 4.397 mil votos.

Desce Catracas

ELIANA AMORIM, prefeita de Pauini

Mesmo proibido pela Lei Eleitoral, prefeita inicia demissão em massa de funcionários, em retaliação, após derrota na eleição