DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/03/2019

Alfredo diz que desmonte dos portos no Amazonas 'é um ato irresponsável'

Ministério da Infraestrutura promoveu demissão em massa nos 44 portos do interior e desativou sete terminais

Alfredo diz que desmonte dos portos no Amazonas 'é um ato irresponsável' A construção dos 44 portos foi um projeto idealizado e implementado por Alfredo Nascimento, quando foi ministro dos transportes

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O presidente do PR, Alfredo Nascimento, classificou como irresponsável o desmanche da estrutura portuária do Amazonas promovido pelo Ministério da Infraestrutura, que promoveu demissão em massa nos 44 portos do interior e suspendeu os pagamentos dos contratos de manutenção.

 

Como consequência, a operação de embarque e desembarque já foi desativada em sete portos. “E se o Governo não reverter as medidas, todos os 44 portos do Amazonas estarão fechados ainda neste ano”.

 

A dilapidação da estrutura portuária no Amazonas foi denunciada nesta quarta-feira (20/3) na tribuna da Câmara Federal pelo deputado Federal Marcelo Ramos, que anunciou Ação junto ao Ministério Público para responsabilizar criminalmente o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o diretor geral do Dnit, Antônio Leite, e da diretora de infraestrutura Aquaviária, Karoline Lemos. Alfredo elogiou o pronunciamento de Marcelo Ramos. “Foi um discurso contundente, duro, preciso, revelando ao País a situação caótica da estrutura portuária do nosso Estado”, disse.

 

A construção dos 44 portos foi um projeto idealizado e implementado por Alfredo quando foi ministro dos transportes. Foram investidos mais de 1 bilhão de reais na construção dessa estrutura que atende quase todos os municípios amazonenses. “Os portos deram dignidade, conforto e segurança a milhares de amazonenses que utilizam o transporte fluvial. Esse desmanche coloca em risco todo esse patrimônio e prejudica diretamente os amazonenses”, advertiu Alfredo.

Sobe Catracas

CAROL ALVES, fisiculturista

Atleta amazonense conquistou 4º lugar no Campeonato Internacional de Fisiculturismo Toronto Pro Show, no Canadá

Desce Catracas

NIVALDO AQUINO, presidente da Câmara de Óbidos (PA)

Ele e outro vereador foram denunciados no MPPA por serem os mandantes de perfuração de poços clandestinos, sem licença ambiental