DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/03/2019

Dois alunos são detidos pela PM por ameaça de atentado no IEA, em Manaus

Estudantes sugeriram, via whatsApp, que repetiriam a tragédia de Suzano, em São Paulo

Dois alunos são detidos pela PM por ameaça de atentado no IEA, em Manaus Instituto de Educação do Amazonas (IEA), em Manaus

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Dois alunos do Instituto de Educação do Amazonas (IEA), localizado na rua Ramos Ferreira, Centro de Manaus, teriam ameaçado cometer um atentado na escola, nesta quinta-feira (14/03) à exemplo do que fizeram os dois assassinos da tragédia de Suzano, São Paulo, onde 10 pessoas morreram, entre alunos, professores e os próprios homicidas, nesta quarta-feira (13).

 

Os dois já foram identificados e detidos pela Polícia Militar.

 

Um dos estudantes teria sugerido, via grupos de whatsapp, que realizaria uma chacina, como a que aconteceu na Escola Raul Brasil, em Suzano (SP). “Já pensaram na possibilidade disso acontecer no IEA? É bem provável”, escreveu um deles. A ameaça deixou os alunos e pais em pânico.

 

A maioria dos estudantes enviou mensagem de texto pedindo ajuda dos pais, em total desespero.

 

O autor das mensagens já estava suspenso da instituição por conduta inadequada.

 

O outro aluno, responsável por disseminar a mensagem escrita pelo colega em grupos na rede social, tem 15 anos e está no 2º ano do ensino médio.

 

Os dois alunos foram apresentados na 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). A Polícia investiga os fatos e ouve pais e testemunhas para que sejam tomados os procedimentos cabíveis.

Sobe Catracas

UÁLAME MACHADO, secretário de Segurança Pública do Pará

Polícia desvendou em cinco dias chacina ocorrida em Belém, no domingo (19), que resultou na morte de 11 pessoas

Desce Catracas

AFRÂNIO PEREIRA JUNIOR, major da PM aposentado

Secretário de Articulação Política do prefeito de Manacapuru, Beto D'Ângelo, agrediu com socos e chutes, moradores que protestavam por ruas esburacadas