DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/03/2019

Bolsonaro acaba com cargos de confiança e limita gratificações

21 mil cargos de diversos níveis foram extintos por decreto presidencial

Bolsonaro acaba com cargos de confiança e limita gratificações Presidente Bolsonaro

Por Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil  Brasília

BRASÍLIA - O governo extinguiu hoje (13) cargos em comissão e funções de confianças, além de limitar a ocupação, a concessão u a utilização de gratificações. A medida atinge 21 mil cargos, funções e gratificações em diversos níveis do Poder Executivo Federal. De acordo com a publicação, a economia anual com as extinções será de mais de R$ 194 milhões.

 

Dos cargos em comissão e funções de confiança, 5.100 estão extintos a partir de hoje. Mais 12.408 serão extintos em 31 de julho. No caso das gratificações, 1.487 estão vedadas a partir de hoje, 2.001 não poderão ser concedidas a partir de 30 de abril e quatro a partir de 31 de julho.

 

Aquelas pessoas que ocupam os cargos em comissão e as funções de confiança que deixam de existir ou os cargos que dependem das gratificações estão automaticamente exoneradas ou dispensadas, nas datas correspondentes.

 

O decreto, publicado no Diário Oficial da União, traz o detalhamento de todos os cargos, funções e gratificações atingidas.

Edição: Graça Adjuto

Sobe Catracas

WILLIAN SARÔA, jogador de futebol

Amazonense meia do Fast, foi convocado para jogar no time Trang FC da Tailândia 

Desce Catracas

IVON RATES, prefeito de Envira/AM

Prefeito recebeu R$ 14 milhões do Estado para asfaltar ruas, não realizou obras e Justiça determinou pavimentação imediata