DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/03/2019

Aluna pesquisadora da rede estadual é destaque em evento de Mulheres na Ciência

Estudante compartilhou sua experiência em projeto de robótica no Stem for Girls, realizado nesta segunda-feira (11) em Manaus

Aluna pesquisadora da rede estadual é destaque em evento de Mulheres na Ciência Aos 16 anos, Thaís Mikely já é uma cientista de mão cheia.

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Aos 16 anos, Thaís Mikely já é uma cientista de mão cheia. Com incentivo dos professores, a estudante do Centro Educacional de Tempo Integral Prof. Sérgio Pessoa, na zona leste, desenvolveu um irrigador inteligente que promete melhorar a área verde da escola. O projeto de robótica foi destaque no Stem For Girls, evento nacional que teve sua primeira edição em Manaus nesta segunda-feira (11/03), no auditório da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).  

 

Em sua apresentação, a aluna da rede pública estadual compartilhou sua experiência no desenvolvimento do irrigador inteligente da escola. “Aprendemos sobre linguagem de programação, arduíno e manuseio de placas a ferramentas e sensores. E então tivemos a ideia de usar esse conhecimento para solucionar um problema da escola que é a irrigação correta das plantas”, explicou a jovem pesquisadora.

A aluna faz parte do Projeto Makers 4.0, realizado em parceria com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e viabilizado com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). O Makers oportuniza o desenvolvimento de ideias dos alunos com aplicação de conhecimentos básicos em robótica. Em apenas quatro meses de projeto na escola, Thaís desenvolveu um irrigador de baixo custo capaz de aguar plantas com ligamento e desligamento automático.

 

Stem for Girls

Durante o evento, a jovem cientista reforçou a importância das mulheres no projeto e afirmou ainda que tirar a ideia do papel foi apenas o primeiro passo. “No Makers, 60% das participantes são meninas, o que é um incentivo muito grande para desenvolvermos nossas ideias na ciência. Agora o objetivo é trabalhar para ir além e implantar o irrigador na horta da nossa escola”, concluiu na exposição.


Segundo a organizadora-geral do Stem For Girls, Yara Laiz Souza, a estudante da rede pública "deu um show": além de falar sobre o projeto científico, Thaís demonstrou, ao vivo, como o funciona o irrigador.

 

“O público presente gostou muito do projeto da Thaís, tanto que filmaram e tiraram fotos. É uma aluna incrível, desenvolta em sua fala e ainda defendeu a questão das mulheres em todas as áreas. Ela tem um futuro brilhante e sempre que precisar o Stem for Girls dará todo apoio no que for possível, tanto a ela quanto a seu projeto”, assinalou Yara.

 

Experiências

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) também teve outra representante no evento. A professora mestra Eloides Melo compartilhou sua experiência de visitar a maior e mais complexa infraestrutura científica já construída no Brasil, o Sirius, laboratório de luz síncrotron de 4ª geração. Eloides foi a única representante do Amazonas a participar da imersão no laboratório, a convite do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM).

 

“Participar da imersão em Sirius com 16 professores da rede pública do Brasil no CNPEM em Campinas (SP), foi uma das experiências mais enriquecedoras que ja vivenciei enquanto profissional. Voltei determinada a levar tudo para a sala de aula e, principalmente, incentivar meninas na área científica”, salientou a professora de Física.

 

Ela falou sobre suas experiências pessoais e dificuldades enfrentadas durante a Mesa-redonda "Mulheres na Ciência quebrando paradigmas". Ao seu lado, professoras e pesquisadoras de carreira contaram suas caminhadas pessoais, desafios e a visão de cada uma sobre o estado das mulheres na Ciência.

 

Sobe Catracas

UÁLAME MACHADO, secretário de Segurança Pública do Pará

Polícia desvendou em cinco dias chacina ocorrida em Belém, no domingo (19), que resultou na morte de 11 pessoas

Desce Catracas

AFRÂNIO PEREIRA JUNIOR, major da PM aposentado

Secretário de Articulação Política do prefeito de Manacapuru, Beto D'Ângelo, agrediu com socos e chutes, moradores que protestavam por ruas esburacadas