DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/03/2019

Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda morre aos 74 anos no Rio

Eurico foi vítima de um câncer no cérebro

Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda morre aos 74 anos no Rio Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, morre aos 74 anos (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br/Arquivo)

Por Agência Brasil

Morreu hoje (12) no Rio de Janeiro Eurico Ângelo Oliveira Miranda, aos 74 anos. Ex-presidente do Vasco da Gama e ex-deputado federal, Eurico foi vítima de um câncer no cérebro. O cartola lutava contra a doença há dez anos. Deixa esposa, quatro filho e oito netos.

 

Eurico Miranda foi o dirigente mais famoso e polêmico do clube de São Januário, na zona norte do Rio de Janeiro. Foi presidente do clube em dois períodos, de 2001 a 2008 e de 2014 a 2017. Nesta última etapa, conquistou o tricampeonato carioca de futebol.

 

Entretanto, foi como vice-presidente na gestão de Antônio Soares Calçada que ele teve a passagem mais marcante pelo Vasco da Gama, entre 1986 a 2000. Foram seis conquistas estaduais, três brasileiros, uma libertadores, uma Mercosul e um Rio-São Paulo.

 

Esta campanha inesquecível do clube garantiu a Eurico a eleição e reeleição para o Congresso Nacional. Foi eleito deputado federal nas eleições de 1994 e 1998. Durante o seu mandato parlamentar, foi um dos investigados na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades do futebol brasileiro.

 

Dos três rebaixamentos do clube para a segunda divisão do futebol, Eurico foi presidente em dois: 2008 e 2015. Sempre polêmico, muitas vezes proibiu a entrada de órgãos de imprensa e de determinados jornalistas de entrarem na sede do Vasco, em São Januário.

 

Em 2017, tentou ser eleito mais uma vez presidente do Vasco, mas acabou derrotado.

Sobe Catracas

MARIA INEZ PEREIRA, professora da rede estadual do AM

Artigo dela sobre Fake News, em parceria com outra professora, foi publicado em revista da Universidade do Rio de Janeiro (UERJ)

Desce Catracas

NATHAN MACENA, prefeito do Careiro Castanho

MPF notificou a Prefeitura por falta de aparelhos de comunicação em escolas e UBSs do município