DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/11/2017

Capitão da PM é condenado a 48 anos de prisão por três assassinatos em Manaus

Jackson Gama Feitosa foi condenado pelo sequestro e assassinato de três pessoas da mesma família em 1998

Capitão da PM é condenado a 48 anos de prisão por três assassinatos em Manaus Demora no julgamento possibilitou a Jackson Gama Feitosa ascender na PM (Foto: Euzivaldo Queiroz)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) obteve a condenação do capitão da Polícia Militar Jackson Gama Feitosa a 48 anos de prisão por triplo homicídio qualificado. No dia 4 de junho de 1998, o capitão, então praça, matou Júlio Smith Barbosa, Charles Smith Barbosa e André Correa Barbosa, os dois primeiros, pai e filho e o terceiro também da família. O julgamento aconteceu nesta quarta-feira, 8 de novembro de 2017.

 

"O veredicto do Júri foi de acordo com a vasta prova dos autos, onde ficou demonstrado que o acusado agiu deliberadamente e, manchando a farda que ostenta, praticou uma chacina familiar (pai, filho e sobrinho). Lamento o tempo decorrido entre o crime e a condenação, e o fato do réu ainda permanecer solto para recorrer, em atividade na função de segurança pública, mesmo depois de condenado pelo Plenário do Júri por um triplo homicídio duplamente qualificado", avaliou o Promotor Edinaldo Medeiros, titular da 16ª Promotoria de Justiça, com atuação junto ao 2º Tribunal do Júri, que conduziu a acusação.

 

Jackson Gama foi condenado a 16 anos de prisão por cada vítima, em regime fechado. Ele também perderá o cargo público. O juiz auxiliar Rafael Raposo, que presidiu o julgamento, não determinou o imediato cumprimento da pena, o que será requerido pelo MP-AM.

 

De acordo com o inquérito policial, as vítimas foram sequestradas durante uma blitz no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste, comandada por Jackson Gama, com a participação de mais três policiais, todos à paisana. Os três foram executados e abandonados em uma área de mata no conjunto Tocantins. Os corpos foram encontrados no dia seguinte.

Sobe Catracas

BOSCO SARAIVA, secretário de Segurança Pública do AM

Em pouco mais de um mês, operações integradas vem reduzindo criminalidade em Manaus

Sobe Catracas

WANDERLEY ANDRADE, cantor

Artista paraense recebe nesta quarta-feira (22),  na ALE/AM, o Título de Cidadão do Amazonas, de autoria do deputado Sinésio Campos

Desce Catracas

HERIVANIO SEIXAS, prefeito de Humiatá

Prefeito não recebeu caravana de deputados que percorre BR 319, no Sul do Amazonas, e desapareceu da cidade

Desce Catracas

ANDERSON SOUSA, prefeito de Rio Preto da Eva

Mesmo justificando que município está em crise, enviou Lei a Câmara para população pagar conta de água mais cara com aumento de 73%

BASTIDORES