DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/07/2017

WILSON REIS #Gilmar Mendes, persona non grata aos jornalistas brasileiros

WILSON REIS #Gilmar Mendes, persona non grata aos jornalistas brasileiros

A data: 17 de junho. O ano era 2009, quando os ministros do Supremo Tribunal Federal - STF votaram, exceto Marco Aurélio, pela inconstitucionalidade da exigência do diploma expedido por instituição de ensino superior para o exercício profissional do jornalista. A votação do Recurso Extraordinário (RE) 511961, em processo iniciado pelo Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão de São Paulo (Sertesp) atendeu os interesses das grandes redes de comunicação do país.

 

Votaram a favor do recurso de interesse das empresas, contra o jornalismo de qualidade e a organização dos jornalistas no país, as ministras Carmen Lúcia e Ellen Gracie, os ministros Ricardo Lewandowski, Eros Grau, César Peluso, Carlos Ayres Brito, Celso de Mello e o presidente e relator Gilmar Mendes. A época, em ação de menosprezo aos jornalistas brasileiros, Gilmar Mendes zombou e fez chacota nas declarações dadas à imprensa. Com isso, se tornou persona non grata aos jornalistas e ao povo brasileiro.

 

Gilmar Mendes chegou hoje (26) à Manaus, como presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Afora o registro de caráter jornalístico em consequência da sua vinda à capital do Amazonas para tratar de assuntos referente a eleição suplementar em nosso Estado, o ministro não teve o brilho de um representante da mais alta corte do país, talvez pela consequência de seus atos em decisões recentes contra a opinião pública brasileira.

 

A categoria dos jornalistas brasileiros, representada pelos 31 sindicatos e a Federação Nacional dos Jornalistas - Fenaj, continuam apostando suas fichas na aprovação da PEC dos Jornalistas, que prevê o retorno à obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão. Aprovada no Senado, em 2014, a PEC continua sem tramitação para sua apreciação em plenário na Câmara dos Deputados, em Brasília,DF.

* O autor é jornalista ( Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas)

Sobe Catracas

SYLVIO PUGA, reitor da UFAM

Diferente da crise das universidades federais, disse que recursos de 2017 são suficientes para manter a qualidade dos cursos e contratar novos professores

Sobe Catracas

Cabo PM MARCELO, vereador de Rio Preto da Eva

A pedido dele uma equipe do PROCON Estadual se deslocou até Rio Preto para fiscalizar agências bancárias e postos de combustíveis 

Desce Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito Presidente Figueiredo

Após 4 meses contrato da vencedora do Concurso Rainha do Cupuaçu ainda não foi feito pela Prefeitura, conforme regulamento do certame

Desce Catracas

VANDER ALVES, secretário da SUSAM

Deputado denuncia superfaturamento de R$ 8,4 milhões em contrato com IMED para realizar cirurgias eletivas, em Manaus 

BASTIDORES